Pós-operatório do siso: quais cuidados necessários

Muitas pessoas se assustam ao ouvir falar sobre o dente do siso, já pensando na dor que ele pode causar e até mesmo na cirurgia de sua retirada. Entretanto, essa é uma operação fundamental para manter a saúde dos dentes qualificada e o pós-operatório do siso pode ser mais tranquilo se você estiver atento a certas recomendações.

Assim como qualquer procedimento cirúrgico, a operação de retirada do dente do siso necessita de alguns cuidados importantes, tanto antes como depois da cirurgia.

Neste artigo veremos mais a fundo quais são os principais cuidados que você deve ter com o pós-operatório da retirada do siso.

O que é dente do siso?

Conhecidos como “dentes do juízo”, os sisos são os últimos molares que aparecem em nossa arcada dentária. Ele é popularmente conhecido por esse nome justamente por nascerem no início da fase adulta.

Como eles nascem e se desenvolvem tardiamente, a arcada dentária já está preenchida com os dentes “necessários” para a realização de funções importantes, como a mastigação. Dessa maneira, não existe muito espaço para eles se manterem na boca, sendo esse um dos principais motivos para a necessidade de uma cirurgia para tirar o siso.

Quando é necessário ser feita a cirurgia do siso?

Apesar de comumente começarem a surgir na fase adulta, quando os dentes já estão formados e, consequentemente, gerando uma preocupação, não é sempre que existe a necessidade de uma cirurgia para extração desse tipo de dente. 

Quando uma pessoa possui uma mandíbula mais alongada, permitindo que os 4 dentes do siso se encaixem na arcada dentária, não é necessária a sua extração, a não ser que eles gerem alguma complicação mais grave.

Nesses casos, é necessário procurar um dentista para a realização de uma cirurgia com um dentista 24 horas, por exemplo.

Em casos mais comuns, em que os dentes não se encaixam da maneira adequada na boca, a extração se faz necessária, principalmente quando eles geram alguns sintomas, tais como:

  • Dor no dente;
  • Desconforto;
  • Dificuldades na mordida;
  • Desalinhamento dos molares.

Ao apresentarem sintomas como esses após o nascimento dos dentes do siso, é importante procurar a ajuda de um especialista para uma avaliação mais adequada, como em uma clínica 24 horas dentista.

Entretanto, a recomendação dos principais especialistas da área da odontologia é que as pessoas façam uma avaliação preventiva, antes mesmo dos sisos nascerem, para verificar a necessidade ou não da extração desses dentes no futuro.

Como é realizado o procedimento de extração da cirurgia do siso?

Apesar de assustar muita gente, o dente do siso é extraído da mesma maneira que qualquer dente da boca, caso haja necessidade. É um processo cirúrgico que começa com a aplicação de uma anistia próximo ao dente, para que o paciente não sinta o desconforto durante a cirurgia para arrancar dente siso.

Após a aplicação da anestesia, o dentista realiza a retirada do dente em um procedimento que demora, em média, cerca de 30 minutos. Esse tempo pode ser maior ou menor dependendo das condições do dente e da arcada dentária de cada um.

Quais os problemas mais comuns no pós operatório do dente do siso?

Como dissemos, assim como qualquer outra cirurgia é necessário que os pacientes tenham certos cuidados com o pós-operatório para que não ocorram problemas mais graves. Entretanto, muitas pessoas não se atentam corretamente a esses cuidados, gerando alguns problemas que são comuns, tais como: 

  • Inchaço;
  • Dor;
  • Inflamações;
  • Sangramento.

Os cinco primeiros dias após a operação são os mais importantes e, por isso, é necessário escutar atentamente as recomendações do profissional responsável, como um dentista emergência 24 horas, evitando esses problemas.

Quais são as recomendações e cuidados no pós operatório do dente do siso?

Para finalizar, é importante destacar quais são as principais recomendações e cuidados que normalmente são passados pelo dentista para seus pacientes, ajudando a evitar os problemas que citamos anteriormente.

De modo geral, os cuidados são semelhantes a outros que são apresentados pelos profissionais em procedimentos odontológicos, como repouso para evitar sangramentos, aplicação de gelo no local para prevenir de inchaço, tomar a medicação adequada para evitar dor, entre outros.

Evitar a movimentação muscular da boca, diminuir a conversação, escovar os dentes com cuidado redobrado, adaptar a alimentação para as suas necessidades e evitar bochechos são outros cuidados que podem ser importantes para um bom pós-operatório.
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.