Dicas para escolher um advogado em Brasília

O advogado possui uma atividade essencial na administração da justiça e uma das mais antigas profissões. Com o tempo, assim como nas outras profissões, a advocacia evoluiu e se adaptou às mudanças da sociedade. No Brasil essa profissão é regulada pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Conforme descrito no Art. 133 da Constituição Federal, o advogado é indispensável quando se trata da administração da justiça, contando com um relevante papel na formação da sociedade, defendendo seu bom funcionamento, buscando um mundo mais justo e leal. Além disso, este profissional firma um compromisso de garantir a defesa de todas as pessoas.

Qual o papel de um advogado?

O advogado é um profissional responsável por defender os interesses de uma pessoa física ou jurídica, diante das questões legais do país em que atua. E para que essa defesa seja realizada, o advogado em Brasília precisa ter um bom conhecimento das leis, desenvolver argumentos convincentes e se comunicar verbalmente de maneira adequada.

Nos casos mais comuns, o advogado recebe o cliente em seu escritório, estuda o caso e as possibilidades de defesa ou acusação, oferecendo as soluções mais vantajosas que a lei permite. Por prestar seus serviços, o profissional recebe seus honorários, que são combinados entre as partes!

Além do cotidiano em tribunais, o advogado também pode realizar uma consultoria sobre leis para pessoas e empresas que necessitem basear suas ações e evitar conflitos judiciais.

São muitas as possibilidades em que o advogado pode prestar auxílio jurídico: (i) nos casos em que for necessário ingressar com um processo no Poder Judiciário (ii) em situações que demandem consultorias jurídicas; (iii) nos momentos de elaboração de acordos; (iv) quando o cliente for parte de uma mediação ou de uma conciliação; dentre diversas outras.

Antes de tudo, tenha em mente que não é função do seu advogado resolver todos os seus problemas. A função do advogado é buscar ou indicar os melhores caminhos a serem percorridos para solucionar o conflito em tela. Assim, ele estará ajudando o seu cliente na tomada de decisões.

Qual é a importância de um escritório de advocacia?

A advocacia se torna importante pelo fato da sua atuação ser indispensável para o funcionamento da justiça. O advogado tem o papel de cooperar e defender a ordem jurídica, tornando obrigação a procura de uma sociedade justa, defendendo e protegendo a democracia. O profissional deve analisar o direito da pessoa lesada, preparar sua defesa com base na legislação, princípios, doutrinas e jurisprudência.

A importância do advogado se dá através da capacidade de prestar assessoria e consultoria jurídica, além de postular os interesses das pessoas em juízo, protegendo os cidadãos. Sua atuação vai além de defensor, pois ele também exerce a função social, combatendo a injustiça e zelando pela democracia sempre!

Por atuar em várias funções, a importância do advogado se destaca bastante perante a sociedade. Além de se destacar na consultoria jurídica que consiste na verificação de negócios importantes perante o aspecto legal, prevenindo problemas futuros e eventuais litígios, auditando ou controlando, para usar a terminologia da Ciência da Administração, o advogado também pode se especializar em uma área do Direito.

O advogado é responsável por um exercício constante da virtude, principalmente quando se trata de ética. O profissional deve se manter firme, atuando sempre perante a ética, gerando assim uma credibilidade. A importância da advocacia também se faz presente na defesa do Estado Democrático de Direito, dos direitos humanos e garantias fundamentais, cidadania, moralidade, justiça e paz social, cumprindo seu papel diante sua função pública e com seus valores inerentes.

Qual é o valor para contratar um advogado em Brasília?

Certamente um dos principais aspectos decisórios na escolha do melhor advogado para você é o preço. Além do profissional transmitir a segurança necessária e ter grande conhecimento técnico, é necessário que o preço dos serviços seja compatível com a possibilidade de pagamento.

O exercício da Advocacia é regulado pela lei 8.906/1994, que dispõe sobre o Estatuto da Advocacia e a OAB. A Ordem regula, sanciona, fiscaliza e emite a tabela de honorários de cada unidade estadual ou distrital, entre outras funções. Os honorários advocatícios são calculados tomando por base o valor da URH – Unidade Referencial de Honorários. Esse valor varia de mês a mês, ou seja, os honorários cobrados hoje podem ter um valor diferente no ano que vem e dependendo do contrato feito os valores podem ser reajustados.

Cada ação tem um valor descrito na tabela e é vedado ao Advogado cobrar menos do que o tabelado, porém é possível dentro do razoável se cobrar além da tabela sem que tal conduta se enquadre como ilegal.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

18 − onze =